Pedro Veniss e Guilherme Foroni no placar em GP5* em Spruce Meadows, no Canadá

Nesse domingo, 18/6, o GP, a 1.60 metro, foi a principal disputa do Concurso de Salto Internacional 5* Spruce Meadows Continental Tournament, em Calgary, no Canadá. Apenas dois conjuntos zeraram o percurso inicial idealizado pelo course-designer olímpico Leopoldo Palacios e ao final somente o cavaleiro egípcio Sameh El Dahin apresentando Sumas Zorro, de 13 anos, garantiu mais um percurso limpe, em 44s34, sagrando-se campeão. A dupla já havia conquistado um 2º e um 3º lugar na mesma semana em Spruce Meadows. Charlie Jacobs com Cassanja Sm, de 11 anos, foi vice, uma falta no desempate, 43s62, pelas cores dos EUA. Também representando os EUA, a top Bezzie Madden com Coach, de apenas 9 anos, emplacou em 3º lugar, com apenas um ponto perdido na 1ª volta em 85s18.

O medalhista pan-americano e cavaleiro olímpico brasileiro Pedro Veniss com Quabri d L´Isle, garanhão de 12 anos filho de Kannan aprovado nos principais studbooks europeus, garantiu um importante 4º lugar, com um derrube na 1ª volta, em 81s82. O norte-americano McLain Ward com HH Azur e o irlandês Kevin Babington com Mark K chegaram,  respectivamente, em 5º e 6º lugar, com uma falta e 5 pontos.

RIO DE JANEIRO – 16/08/2016 – Centro Olímpico de Hipismo – Hipismo masculino – Na foto Pedro Veniss montando Quabri De L’isle
Foto: Wander Roberto/Exemplus/COB

Totalizando apenas 6 pontos perdidos (1 falta e dois pontos por excesso), o jovem talento brasileiro Guilherme Foroni e SL Implacável, Brasileiro de Hipismo de 11 anos filho de Vindoctro em Silvestre, obteve a 7ª colocação. SL Implacável vem sendo formado por Guilherme desde os três anos de idade com inúmeras conquistas nas categorias de cavalos novos e agora chegando ao auge de sua forma no circuito top mundial.

Guilherme Foroni com SL Implacável mais que satisfeito com seu resultado; img: reprodução facebook

Trinta e dois conjuntos de 13 países participaram do GP. A competição segue entre 27/6 e 2/7 com CSI5* Pan American, patrocinado pela Rolex. Ambos os conjuntos garantiram índice técnico exigido pela Federação Equestre Internacional (máximo de 8 pontos) em GPs, a 1.60 metro, para os Jogos Equestres Mundiais 2018, em Tryon, EUA

Resultado completo. 

Fonte: CBH